domingo, 6 de setembro de 2009

Artisan Bread




Agora que a minha MFP avariou comecei a ler com mais atenção as receitas do famoso Artisan Bread. A primeira vez que vi o Artisan Bread foi no blogue da Manuela, depois também o Pão, Bolos & Cia e a Colher-de-Pau quiseram experimentar. Rapidamente o Artisan Bread passou a aparecer em muitos outros blogues, como o blogue da Gasparzinha, da Isa, da R. Correia, da Nani...

A técnica do Artisan Bread foi desenvolvida por um médico americano. Podem encontrar mais informações no blog oficial Artisan Bread in Five Minutes a Day mantido pelos autores da receita: Jeff e Zoe. Podem ver o vídeo com todas as explicações aqui

3/4 de cubo de fermento fresco
1/2 colher sopa de sal grosso
360ml de água morna
500g de farinha de trigo T65

Num recipiente de plástico com tampa, colocar o fermento, o sal e a água. Agitar até que tudo fique dissolvido e junte a farinha. Mexa com uma colher de pau até que toda a farinha fique misturada e sem restos nas bordas. Tape o recipiente e deixe levedar à temperatura ambiente por 2 horas.

A massa está pronta a ser usada e pode ser guardada no frigorífico por 15 dias. Quando quiser usar, polvilhe a superfície da massa com farinha, puxe a quantidade que pretende (uma bola equivalente a uma toranja) e corte-a com uma faca de serrilha ou tesoura.

Amasse o mínimo possível, forme uma bola rodando a massa nas mãos e ajeitando as bordas para baixo. Deixe a bola descansar num tabuleiro enfarinhado (eu coloquei num tapete de silicone), de preferência com farinha de milho. Deixar levedar destapado durante 40 minutos, mas não espere que cresça muito, pois isto só acontecerá mesmo no forno. Se deixar levedar demasiado fora do forno o pão ficará espalmado.

Pré-aqueça o forno a 180ºC durante 20 minutos. Polvilhe o pão com farinha e use uma faca de serrilha para fazer uns cortes decorativos. Coloque no forno um recipiente cheio de água quente para dar humidade ao forno e coloque o tabuleiro com o pão. Deixe cozer por 30 minutos, retire e coloque numa grelha para que arrefeça.

Outras receitas com Artisan Bread:


Pumpernickel Bread (Gasparzinha)


Pizza de Artisan Bread (Pão, Bolos & Cia)

Caracóis de canela (Pão, Bolos & Cia)

Pizza com massa de azeite (Pão, Bolos & Cia)

14 comentários:

Elisabete disse...

Maravilhosa explicação, adorei o pão, ficou divino.
Ainda n experimentei fazer este pão que fica sempre com um maravilhoso.

Tati - Panelaterapia disse...

Tenho uma baita "inveja branca" de quem faz pão...não sou prendada nisso! Um dia eu chego lá!

bjs

Pão, Bolos e Cia. disse...

Este pão é muito bom e o miolo fica elástico e com poros bem abertos.
Ficou lindo.

Uma correcção, o Jeff não é médico, é físico, em inglês aparece doctor, de doutor e não médico.

Bruna Ribeiro disse...

Também vi essa receita em vários blogs. Minha dúvida é se ele fica fofinho ou é daquelas massas que no dia seguinte ficam super consistentes?

Ines disse...

Essa é maneira de fazer o pão antiga na altura dos nossos avós. E se estiveres um forno a carvão ai o pão ficaria um delicia.
A minha sogra é assim que faz o pão dela ( o pão caseiro ).
Bjs

anabenfica disse...

Não tem arranjo??

Eu já tentei esse pão...mas eu sou um desastre de padeira! Daí a MFP...
Mas gostava de conseguir fazer paes assim...

Bjitos

gasparzinha disse...

Ficou lindo!! :)

Nem preciso dizer o quanto sou fã deste pão, não é?
Mesmo sem a MFP avariada, não quero outra coisa. :)

Beijinhos.

Marlene João disse...

Interessante :D
Adorei ler esta tecnica, os antigos tb assim o fazem :D
Está com um aspecto maravilhoso o teu pão :D
Parabéns!
Beijinhos e boa semana *.*

pipoka disse...

Estou desejosa de experimentar o artisan bread, mas estou à espera dos dias mais frios.

beijocas

moranguita disse...

sem duvida o pao mais popular por aqui.
e e uma delicia de certeza.
beijinhos

moonlight disse...

Esta receita já é Mega-famosa, mas ainda não experimentei. Está na lista!
Bjinhos

lad-o-direito disse...

deviam experimentar esse pão esticado com rolo com pedacinhos de carne estufada com chouriço e depois enrolado. Dá uma bôla-de- carne fabulosaaaaaaaaa.

raquel disse...

tentei fazer e correu-me muito mal!
Disseram.me qe podia ser feito tambem numa panela de ferro e eu la tentei.. o pao nao cresceu e ficou tao denso qe no meio estava cru.. no entanto o no-knead bread correu.me muito bem!
Ja agora.. eu tambem costumo usar fermento fresco e nunca sei bem como fazer a conversao do seco, alguem tem uma sugestao?

Quando compro fermento compro ao kilo.. a quanto corresponde 3&4 de cubo em gramas?
obrigada

Patanisca disse...

Raquel, penso que um cubo tem 25g.