sábado, 10 de abril de 2021

Nógado da minha avó


Este é o Nógado da minha avó. Uma receita originária de Seda, uma Freguesia do Concelho de Alter do Chão. Trabalhoso, demorado, difícil de fazer, mas com um sabor único!




Numa tigela, colocar 4 ovos, 1 pitada de sal e azeite (a quantidade de azeite mede-se com as meias-cascas dos ovos. Vamos precisar de 2 cascas).Vamos juntando farinha de trigo T65 até que comece a ficar com uma textura que permita formar rolinhos compridos. Fritar em óleo abundante bastante quente. Deixar arrefecer e cortar em pedacinhos.

Numa panela, colocar 250g mel e duas colheres de sopa de açúcar. Deixar ferver até engrossar. Para saber se está pronto, deixar cair uma gota em água. Se mantiver o aspeto de uma pérola, está pronto.

Emvolver o mel nos bocadinhos de massa e formar uma espécie de telhado. Deverá ter o cuidado de deixar arrefecer um pouco para não queimar as mãos.

Sem comentários: